Certidão pode ser plastificada? Entenda aqui!

Escrito por Tarcísio Oliveira
Publicado em 1/07/2024
certidão pode ser plastificada

A certidão pode ser plastificada? Esta é uma pergunta comum para muitas pessoas que desejam proteger seus documentos importantes, a plastificação pode oferecer uma camada adicional de proteção contra desgastes físicos, como rasgos, sujeira e umidade.

No entanto, a decisão de plastificar documentos oficiais, como certidões de nascimento, casamento ou óbito, deve ser considerada cuidadosamente, neste artigo, exploraremos se você pode ou não plastificar certidões e outros documentos importantes, e quais as implicações dessa prática.

Entenda a seguir mais detalhes sobre se a certidão pode ser plastificada e quais outros documentos podem ser plastificados, continue a leitura para mais informações!

Certidão pode ser plastificada?

A recomendação se certidão pode ser plastificada é que certidões oficiais, como as de nascimento, casamento e óbito, não sejam plastificadas, isso porque a plastificação pode ser interpretada como uma modificação do documento original, o que potencialmente invalida a sua legalidade para certos trâmites burocráticos.

A principal preocupação com a plastificação de certidões é que o processo pode tornar difícil a verificação de alguns elementos de segurança, como selos, carimbos e assinaturas em relevo, que podem ser encobertos ou alterados pelo plástico, uma vez plastificado, um documento não pode ser mais atualizado com novas anotações ou carimbos sem remover a plastificação, o que pode danificar o documento.

Por outro lado, existem documentos que são frequentemente plastificados para garantir sua durabilidade, especialmente aqueles que são manuseados com frequência, como cartões de identificação, menus de restaurantes e crachás, nestes casos, a plastificação faz sentido porque ajuda a prolongar a vida útil do documento sem afetar sua funcionalidade ou legalidade.

Veja como descubrir sua descendência por diversas maneiras incluindo certidões!

Quais documentos podem ser plastificados?

Quando se trata de plastificar documentos, é importante distinguir entre documentos oficiais e não oficiais, documentos oficiais que geralmente não devem ser plastificados incluem:

  • Certidões de Nascimento, Casamento e Óbito: como mencionado anteriormente, a plastificação pode invalidar esses documentos para certos procedimentos legais
  • Documentos de Identificação Governamental: passaportes, carteiras de identidade e carteiras de motorista também não são recomendados para plastificação, pois a alteração pode ser considerada como adulteração do documento
  • Diplomas e Certificados Acadêmicos: muitas instituições educacionais recomendam que estes documentos não sejam plastificados, pois alterações podem ser vistas como tentativas de fraude.

No entanto, existem muitos tipos de documentos que podem ser plastificados sem problemas, incluindo:

  • Comprovantes de residência e contas de serviço: documentos como contas de luz, água, telefone e comprovantes de endereço em geral podem ser plastificados para preservação, especialmente se precisarem ser guardados por longos períodos para comprovação de residência em processos diversos
  • Documentos de veículos: documentos como o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) podem ser plastificados para proteção contra desgaste, considerando que são frequentemente manuseados e precisam ser mantidos em bom estado
  • Históricos escolares e certificados de cursos livres: embora documentos formais de educação, como diplomas, geralmente não devam ser plastificados, históricos escolares e certificados de participação em cursos livres ou de capacitação podem ser plastificados para proteção, especialmente se forem usados frequentemente para comprovação de qualificações
  • Cópias autenticadas de documentos: cópias de documentos que foram autenticadas oficialmente podem ser plastificadas para preservação. A plastificação dessas cópias pode ajudar a manter a integridade do selo e das informações, evitando que se deteriorem com o tempo.

A decisão de plastificar um documento deve ser baseada na frequência de uso, na necessidade de proteção e nas diretrizes legais aplicáveis ao tipo de documento, para documentos oficiais, especialmente aqueles que podem ser necessários para trâmites legais ou governamentais, em resumo sobre se certidão pode ser plastificada, a reposta é não, para mais artigos sobre o tema fique atento ao nosso site!

Qual é o valor da emissão de uma certidão de nascimento em segunda via?

Receba conteúdos como esse por e-mail!

Fique por dentro dos nossos conteúdos, promoções e novidades.


Comentários

Conteúdos Relacionados

O marido pode pegar o sobrenome da esposa?

O marido pode pegar o sobrenome da esposa?

Será que o marido pode pegar o sobrenome da esposa? Se sim, quais as implicações dessa medida? No Brasil, a questão dos sobrenomes após o casamento sempre gerou curiosidade e, por vezes, confusão. Para sanar algumas dúvidas, veja neste artigo a seguir se o marido pode...

ler mais
Perdi minha certidão de nascimento e agora?

Perdi minha certidão de nascimento e agora?

Perdi minha certidão de nascimento e não sei o cartório, o que devo fazer? Emitir uma nova via? Onde realizar esse procedimento? Em muitos momentos da sua vida, a certidão de nascimento vai ser um documento essencial, isso porque ela é um dos documentos mais...

ler mais