O RG (sigla para Registro Geral) é um dos principais documentos de identificação do país e obrigatório na maioria dos serviços públicos e privados que existem (como a abertura de contas, a comprovação de dados, entre outros) e, por essas razões, todos devem emiti-lo. Mas, afinal, você sabe como é o procedimento para tirar carteira de identidade?

O documento tem uma numeração única para cada pessoa e conta com diversas informações pessoais, como o nome do indivíduo, a sua nacionalidade, a identificação de seus pais e o órgão em que o documento foi emitido.

Se você deseja conhecer mais sobre a carteira de identidade e como emiti-la, acompanhe este artigo, que vamos apresentar todos os detalhes. Confira!

O que é preciso fazer para tirar carteira de identidade?

O RG, um dos documentos mais importantes de um cidadão (pois representa a sua identidade), é utilizado para diversos fins e pode ser solicitado por todos os brasileiros.

É fundamental que todos os indivíduos adultos tenham uma carteira de identidade. Para tanto, é preciso dirigir-se a um dos postos de atendimento do governo, como Poupatempo, Na Hora, Faça Fácil, UAI, Tudo Fácil e Vapt Vupt. Também é possível procurar pelos centros de identificação da Polícia Civil para emitir o documento.

Em alguns órgãos, como o Poupatempo e o UAI, é preciso realizar um agendamento antes de dirigir-se ao local. Para tanto, basta acessar a página do sistema de agendamento, preencher os dados necessários e marcar um horário.

Após esse passo, o indivíduo deve separar os documentos necessários (como as certidões de nascimento ou casamento atualizadas), pagar as taxas obrigatórias e levar o comprovante de pagamento da guia — é válido ressaltar que a primeira via da carteira de identidade costuma ser gratuita.

Por fim, basta dirigir-se ao órgão responsável na data agendada levando a documentação exigida para que a carteira de identidade seja emitida em um prazo de, aproximadamente, uma semana.

Por que solicitar a 2ª via da carteira de identidade e qual é o procedimento para a sua emissão?

Pode ser necessário tirar a 2ª via da carteira de identidade por diversos motivos, como a perda ou o roubo do documento, más condições para o seu uso, entre outros.

É importante que o documento esteja em boas condições, pois, dependendo do estado do RG, ele pode ser recusado, o que causa transtornos para o seu portador.

É indicado que o documento seja trocado a cada 10 anos para que a foto anexada seja atualizada, pois, apesar de a carteira de identidade não ter prazo de validade, determinados órgãos fazem tal exigência.

Além disso, plastificar definitivamente o Registro Geral também pode inutilizá-lo, uma vez que tal prática é vedada. Para proteger o documento, o ideal é guardá-lo dentro de um plástico ou de uma carteira sem realizar o seu fechamento total.

Quando houver perda ou roubo da carteira de identidade é importante registrar um boletim de ocorrência — que substitui o documento original até que outra via seja requerida — para evitar possíveis fraudes.

Para solicitar a 2ª via do documento, o procedimento ocorre de maneira parecida com a sua 1ª emissão. Assim, basta realizar o agendamento online, pagar as taxas obrigatórias (no estado de Minas Gerais, por exemplo, o seu valor é de R$ 71,86) — em casos de furto e roubo, se for apresentado o boletim de ocorrência, é possível solicitar a isenção da tarifa — e separar a documentação necessária, como as certidões de nascimento ou casamento atualizadas.

Como vimos, o processo para tirar carteira de identidade é simples e costuma ser rápido. Além disso, o documento é fundamental para todos os cidadãos, uma vez que é exigido em diversas situações da vida cotidiana.

Se você se interessou no tema, continue a visita ao blog e leia agora mesmo o nosso texto sobre certidão gratuita.

Avalie!

Banner 3 - Cart. 24hPowered by Rock Convert