Tudo que você precisa saber sobre a certidão eletrônica!

Escrito por Luciano Batista de Lima
Publicado em 12 set 19

Sabia que é possível emitir documentos rapidamente sem ter que passar horas na fila nem ter que esperar semanas por ele?

Muitos Estados brasileiros já adotam o sistema de envio da certidão eletrônica online.


Trata-se de uma espécie de rede interligada de diversos cartórios estaduais e garante ao cidadão a opção de encomendar vários documentos pela internet, como a certidão de nascimento, de casamento ou de óbito, por exemplo.

Esse procedimento trouxe facilidade, eficiência, comodidade e economia de tempo.

São Paulo foi o primeiro Estado cujos cartórios aderiram a esse tipo de serviço automatizado, seguido por Santa Catarina e Espírito Santo. E isso é só o começo.

A tendência é que as serventias extrajudiciais de todos os entes federativos passem a utilizar cada vez mais a tecnologia a seu favor.

Pensando nisso, explicaremos, com mais detalhes, as principais questões envolvendo a certidão eletrônica. Acompanhe a leitura!

Como funciona uma certidão eletrônica?

O indivíduo que desejar emitir uma certidão eletrônica por meio da internet, deve primeiramente, se informar em qual cartório se encontra o registro do documento que pretende obter — bem como dados, como número do livro, folha e termo. (Caso não possua estas informações, o Cartório Online Brasil 24 Horas pode lhe ajudar, para isso, clique aqui!)

Após, deve efetuar o pedido por meio do site do Cartório 24 Horas, informar os dados solicitados e pagar as devidas taxas cartorárias.

Em regra, a confirmação do pagamento costuma acontecer em até 3 dias úteis. O usuário receberá um link, em até 10 dias úteis, que levará para o efetivo documento.

De todo modo, cumpre ressaltar que a certidão não pode ser impressa, ela é remetida somente para o e-mail do usuário que fez o requerimento do documento.

Isso significa que ela é enviada em formato PDF e tem a mesma validade de um documento tradicional. Contudo, não pode ser usada na sua forma impressa.

Quais são os Estados que já adotam esse tipo de sistema?

O sistema de certidão eletrônica está disponível somente em alguns Estados, por enquanto. No entanto, a previsão é que ele seja implementado em todo o Brasil nos próximos anos.

Confira a relação de Estados cujos cartórios já costumam adotar esse modelo:

  • Acre;
  • Amapá;
  • Distrito Federal;
  • Espírito Santo;
  • Goiás;
  • Mato Grosso;
  • Mato Grosso do Sul;
  • Pernambuco;
  • Piauí;
  • Paraná;
  • Rio Grande do Norte;
  • Santa Catarina;
  • São Paulo.

Quanto custa o serviço de emissão?

O Estado de São Paulo já adota essa tecnologia há cerca de 2 anos.

O valor do serviço é calculado com base nos dados do registro e do cartório em que será emitido.

Caso deseje saber o valor da sua certidão, use nosso Calculador de Preços agora!

Trata-se de um número significativo, uma vez que aproximadamente 10% de todas as certidões já são emitidas de maneira eletrônica.

Quais tipos de certidão podem ser emitidas dessa forma?

Por enquanto, os cartórios estão emitindo eletronicamente as seguintes certidões em breve relato e segunda via atualizada:

Como você pôde perceber, o serviço de envio de certidão eletrônica online é uma maneira de trazer mais agilidade e comodidade aos indivíduos que desejam rapidez, segurança e otimização do tempo.

Quer emitir uma certidão sem precisar sair de casa e de maneira prática?

Então, entre em contato com o Cartório Online Brasil e solicite já os seus documentos de forma fácil e ágil!

Receba conteúdos como esse por e-mail!

Fique por dentro dos nossos conteúdos, promoções e novidades.


Por Luciano Batista de Lima

Acadêmico de Direito. Experiência:  13 anos de atuação em Cartório de Registro Civil em Santa Catarina, sendo que destes, 8 anos foram como Oficial Substituto.

Comentários

Conteúdos Relacionados

Entenda como funciona a tradução de documentos oficiais

Entenda como funciona a tradução de documentos oficiais

É muito comum que a tradução de documentos oficiais tenha que ser realizada em registros que o requerente pretende utilizar em outros países, como certidões que serão usadas para o reconhecimento de dupla cidadania. No entanto, apesar da grande procura, ainda há um...

ler mais