Declaração de Emancipação – Quais os Documentos Necessários?

Escrito por Luciano Batista de Lima
Publicado em 22 set 17
Documentos Necessários Para a Declaração de Emancipação

Os documentos necessários para emancipar o menor não são muitos, porém, o ato da emancipação é de grande importância perante a lei. Criado para fornecer a liberdade de prática de negócios e atos jurídicos.

Veja por que fazer o registro de emancipação

A ideia da emancipação é que o até então relativamente incapaz possa realizar o que a lei permite somente aos maiores de idade antes do atingimento da maioridade prevista em lei. Assim, as pessoas que possuam entre 16 e 18 anos de idade serão declarados, perante a lei, independentes, sendo permitido a esses a prática de certos atos e/ou negócios.

Todos os incapazes podem ser emancipados?

As pessoas com idade inferior a 16 anos são classificados pela lei como absolutamente incapazes. Essa condição não permite a declaração de emancipação, sendo necessário a tutela ou curatela de um responsável legal ou dos pais. De acordo com o Código Civil, somente os relativamente incapazes podem obter a emancipação através de declaração em escritura pública.

A declaração de emancipação cabe ao emancipado?

O registro de emancipação constará como uma averbação da certidão de nascimento da pessoa. Para realizar a emancipação do relativamente incapaz, os pais (ao menos um deles deverá estar presente, sendo necessário a apresentação dos documentos do que não pôde estar presente) ou responsáveis legais deverão estar presentes, já que apenas esses é que podem emancipar o menor.

O registro é gratuito?

Para realizar o registro, deve-se pagar uma taxa no cartório. Importante lembrar que as taxas variam conforme o estado brasileiro. Os documentos necessários para o procedimento são o RG e o CPF dos pais ou responsáveis, ou de um dos pais, em caso de viuvez e RG, CPF e certidão de nascimento do filho, originais e cópia. No caso de responsáveis legais, é obrigatório a apresentação do documento de tutela do menor, expedida pelo Conselho Tutelar do município. Se um dos pais for falecido, será necessário, ainda, a certidão de óbito, para comprovação da condição de viuvez.

Qual o prazo de liberação do registro?

Após o registro, em escritura pública no Tabelionato de Notas, o documento é liberado no mesmo dia. É possível ter um registro através da emissão de uma certidão de nascimento atualizada, emitindo através do cartório online.

Receba conteúdos como esse por e-mail!

Fique por dentro dos nossos conteúdos, promoções e novidades.


Por Luciano Batista de Lima

Acadêmico de Direito. Experiência:  13 anos de atuação em Cartório de Registro Civil em Santa Catarina, sendo que destes, 8 anos foram como Oficial Substituto.

Comentários

Conteúdos Relacionados

Descubra como protestar um título! Saiba tudo!

Descubra como protestar um título! Saiba tudo!

Existem situações e demandas pelas quais as pessoas têm entendimento, mas muitas vezes não sabem como realizar o procedimento. Um exemplo disso é como protestar um título. Sendo assim, muitas pessoas sabem sobre o título, no entanto, não tenham o conhecimento ou...

ler mais
Quais países aderiram à Convenção de Haia?

Quais países aderiram à Convenção de Haia?

Primeiramente, a Apostila da Convenção de Haia é uma documentação que, geralmente, nunca ouvimos falar até precisar lidar com processos de intercâmbio ou mudança de país. Sendo assim, você não precisa perder o seu tempo ou se prejudicar por falta de informações. Pois,...

ler mais
Como ocorre a Autenticação de Documentos no cartório?

Como ocorre a Autenticação de Documentos no cartório?

O serviço de autenticação de documentos é um dos mais requisitados, mas, você sabe como funciona? Conheça mais sobre esta modalidade presente nos cartórios. Portanto, é comum ao tentar solicitar um financiamento, ver uma lista de documentos exigidos, certidões, etc....

ler mais