O Casamento Homoafetivo no Cartório de Registro Civil

Escrito por Luciano Batista de Lima
Publicado em 12 jun 17
casamento homoafetivo no cartório

Os avanços recentes na legislação trouxeram o direito do casamento igualitário às pessoas que vivem em união homoafetiva. Com passos tímidos, o Judiciário brasileiro vem reconhecendo os direitos dessa parcela significativa da população. Veja como é o casamento homoafetivo no cartório de Registro Civil.

O que fazer se o cartório se negar a realizar meu casamento?

A partir do ano de 2011, quando o STF reconheceu a união entre pessoas em união homoafetiva, muitos avanços já ocorreram. Em 2013, o CNJ – o Conselho Nacional de Justiça – proibiu a recusa das autoridades competentes de celebrar o casamento civil entre pessoas em união homoafetiva. A recusa da conversão de união estável, a única possível, até então, em casamento civil também foi proibida. Assim, aos poucos, as pessoas do mesmo sexo que vivem juntos e possuem uma união homoafetiva estão, podendo regulamentar sua situação e acessar os direitos de casal, garantidos em Constituição. Caso algum Cartório de Registro Civil não queira realizar o casamento homoafetivo no cartório, de acordo com as resoluções acima, o casal poderá informar ao juiz corregedor para que seja determinada a realização do mesmo.

Leia Também: O que faz o cartório de notas

Prazos e documentos necessários para o casamento homoafetivo no cartório

O procedimento para o casamento homoafetivo no cartório de registro civil é o mesmo utilizado no casamento heteroafetivo, ou seja, os noivos deverão comparecer com, no mínimo, 30 dias de antecedência à data escolhida para a celebração no cartório mais próximo da residência do casal. Essa antecedência é necessária para que seja realizada a habilitação para o casamento. Nessa ocasião, os noivos devem estar munidos dos documentos pessoais originais: CPF e RG, que poderão ser substituídos pela CNH, desde que esteja dentro do prazo de validade.

Além desses, os noivos solteiros devem apresentar a Certidão de Nascimento atualizada, enquanto os divorciados devem apresentar a Certidão de Casamento atualizada, com a averbação do divórcio. Já os viúvos devem apresentar a Certidão de Casamento e a Certidão de Óbito do cônjuge, atualizadas, necessários para marcar a data da celebração do casamento civil. Ainda nesse momento, as testemunhas, maiores de 21 anos, também com o RG e o CPF originais, deverão estar presentes. A taxa de lavratura de assento de casamento também é paga nesta ocasião. De estado para estado as taxas podem sofrer variação.

Quando os pais devem estar presentes?

É importante lembrar que, caso os noivos sejam menores de 21 anos de idade, os pais ou os responsáveis legais deverão estar presentes para autorizar o casamento. Estes também deverão portar os documentos pessoais, RG e CPF, citados. Em outra ocasião, deve ser entregue, preenchido, o formulário com os dados dos padrinhos dos noivos.

Finalmente, na data e no horário escolhidos, os noivos deverão comparecer, acompanhados dos padrinhos, no cartório de registro civil escolhido para celebrarem a união do casal, através do casamento civil.

Referências e Observações

Nós não realizamos registro civil de casais nem somos cartório físico e/ou público. Apenas fornecemos serviço de emissão de segunda via de certidões pela internet.

Interaja nos comentários caso tenha alguma dúvida a respeito desta matéria.

Compartilhe para ajudar a divulgar este material gratuito!

 

Receba conteúdos como esse por e-mail!

Fique por dentro dos nossos conteúdos, promoções e novidades.


Por Luciano Batista de Lima

Acadêmico de Direito. Experiência:  13 anos de atuação em Cartório de Registro Civil em Santa Catarina, sendo que destes, 8 anos foram como Oficial Substituto.

Comentários

Conteúdos Relacionados

Reconhecer Firma: Saiba tudo sobre esse assunto!

Reconhecer Firma: Saiba tudo sobre esse assunto!

O ato de reconhecer firma é necessário em muitas situações. Descubra todas as informações importantes sobre esse recurso jurídico. Você já tentou alugar um imóvel oferecido por uma imobiliária? Se sim, sabe da lista de documentos que precisa apresentar, além de cópias...

ler mais
Qual sobrenome do Marido passa para a Esposa?

Qual sobrenome do Marido passa para a Esposa?

Você vai se casar e quer saber qual sobrenome do marido passa para a esposa? Então, vale ler este texto até o final para tirar suas dúvidas. O casamento civil e a união estável são vínculos que garantem alguns direitos e deveres ao casal. A formalização do matrimônio...

ler mais
Como colocar sobrenome no filho? Saiba como fazer!

Como colocar sobrenome no filho? Saiba como fazer!

Você sabia que existem regras de como colocar sobrenome no filho? Caso nunca tenha ouvido falar sobre o assunto, você vai gostar de conhecer os critérios dessa formalização civil. Os pais de primeira viagem têm muitas dúvidas em relação aos passos iniciais da criança....

ler mais