Um tema que é unanimidade entre aqueles que desejam morar em outro país ou viajar com frequência é a dupla cidadania. Mas, será que é mesmo interessante obter outra nacionalidade? Como saber quais documentos apresentar e onde obter os documentos oficiais?

Para responder a esses questionamentos, continue acompanhando este artigo! Separamos as principais informações sobre o assunto visando ajudar você a se organizar!

O que é dupla cidadania?

A dupla cidadania é a condição na qual as pessoas têm duas nacionalidades. O Brasil permite que seus cidadãos adquiram outra cidadania sem precisar abrir mão da nacionalidade brasileira.

Com a concessão da cidadania adicional, a pessoa passa a poder exercer diversos direitos como moradia, trabalho, entrada e saída sem a necessidade de visto dentre outros. Importante ressaltar que, junto com os direitos, também surgem os deveres e é importante se manter informado com a intenção de cumprir a lei dos países em que possui status de cidadão.

Quais são as vantagens de ter outra cidadania?

As vantagens de se obter outra cidadania são:

  • ter autorização para morar e trabalhar sem a necessidade de visto;
  • no caso da cidadania de um país europeu, obter as vantagens conferidas aos países membros da União Europeia, que permitem a livre circulação entre o grupo;
  • ser dispensado da obtenção de vistos e da necessidade de cumprir os prazos de autorização de permanência;
  • os cidadãos têm acesso a uma maior quantidade de serviços públicos, empregos e opções de estudo.

Quem pode pedir a dupla cidadania?

A primeira forma de adquirir a cidadania é nascer no país. Os requerentes da dupla cidadania já são brasileiros pelo nascimento. Para adquirir a cidadania de outro país sem ter nascido nele, as opções são:

  • existência de vínculo familiar (geralmente pais ou avós) com cidadãos do país que se pretende naturalizar;
  • casamento com um cidadão natural do país em questão;
  • pedido de naturalização após longo período de residência;
  • ingresso no país como investidor;

Cada uma das modalidades tem suas restrições e requisitos e é importante conferir as políticas de naturalização atualizadas de cada país. Com o aumento dos pedidos de naturalização os processos ficam cada vez mais rigorosos e é comum que as exigências aumentem.

Quais são os documentos necessários?

É importante conferir os detalhes e exigências atualizados do país para o qual você pretende pleitear a concessão da cidadania. Isso porque há uma série de detalhes e exigências específicas, como a apresentação de certidão de inteiro teor para a cidadania italiana. É importante ter em mente que é sempre bom apresentar a maior quantidade de documentos possível, priorizando os documentos públicos de cartórios.

Em linhas gerais, os documentos necessários requeridos para o processo de cidadania são:

  • certidão negativa de naturalização (CNN), emitida pelo Ministério da Justiça Brasileiro;
  • certidão de nascimento do requerente;
  • certidão de nascimento do parente que já tem a cidadania;
  • certidão de casamento;
  • certidão de óbito.

A dupla cidadania é uma opção muito interessante a quem deseja ter mais vivências no exterior. Para conseguir os documentos necessários, vale a pena contar com um serviço online de pesquisas e certidões , isto irá otimizar o tempo, diminuir a burocracia e deixar todo o processo mais prático!

Se você precisa de auxílio para obter as certidões para o pedido de dupla cidadania, acesse o Certidão online Brasil e confira todos os custos e informações necessárias, visando conseguir os documentos!

Banner - EbookPowered by Rock Convert
Você tem direito à dupla cidadania? Descubra os documentos necessários
5 (100%) 6 votes

Luciano Batista de Lima

Acadêmico de Direito.
Experiência:  13 anos de atuação em Cartório de Registro Civil em Santa Catarina, sendo que destes, 8 anos foram como Oficial Substituto.

Pin It on Pinterest