É necessário atualizar a certidão de nascimento para emissão da RG?

Escrito por Luciano Batista de Lima
Publicado em 18 jul 19

Quem precisa emitir o RG ― seja primeira, seja segunda via ―, pode ter dúvida sobre a obrigatoriedade de atualizar certidão de nascimento.

E, também, como e onde é possível solicitar esta atualização do documento, antes de providenciar a emissão da carteira de identidade.

E então, vai emitir o RG? Peça AGORA sua segunda via da certidão de nascimento, e receba em casa!

Banner Desktop - Cart. 24 Horas - Segunda Via Certidão de Nascimento para RG

Quer entender melhor sobre a atualização de certidão de nascimento para fazer RG? Acompanhe o texto e tire suas dúvidas!

A certidão de nascimento atualizada é obrigatória para o RG?

Sim, para ser considerada válida é necessário que a certidão de nascimento tenha sido expedida recentemente. Isso porque o órgão emissor do RG confere na certidão se houve algum tipo de mudança nos dados da pessoa, como o nome, que pode ser alterado em caso de casamento, separação ou divórcio.

Como é feita a primeira via da certidão de nascimento?

Para realizar o registro da pessoa no assento de nascimentos é necessário comparecer ao cartório de registro civil.

Em muitos locais isso já é feito dentro do próprio hospital onde a criança nasce, pois os cartórios têm convênio e um posto de atendimento interno.

A primeira certidão de nascimento é gratuita. Os dois pais da criança, ou um deles, deve comparecer ao local indicado para o registro portando os seguintes documentos:

  • documentos de identidade dos pais;
  • declaração de nascido vivo emitida pelo hospital;
  • certidão de casamento, se houver.

O que é preciso fazer para conseguir a segunda via da certidão de nascimento?

Quando o primeiro passo já foi feito, a obtenção de uma segunda via da certidão de nascimento é muito mais simples.

A segunda via da certidão de nascimento pode ser pedida online e vale como certidão atualizada para emissão do RG.

Para atualizar certidão de nascimento é só acessar o cartório online, preencher os dados necessários utilizando a certidão de nascimento antiga, fazer o pagamento das taxas e aguardar a chegada do documento.

Simples, rápido e sem sair de casa!

Como pedir a primeira via do RG?

Para pedir a primeira via de um RG é necessário comparecer ao local onde o documento é emitido, que varia de um Estado para outro.

Podendo ser no Detran, Secretaria de Segurança Pública ou até mesmo no chamado Poupatempo, para quem é de São Paulo.

Para pedir o primeiro RG não é necessário o pagamento de taxas. No entanto, o portador deverá apresentar fotos 3X4 e uma via atualizada da certidão de nascimento.

No caso de menores de idade, estes deverão estar acompanhados do responsável legal.

Quais são os procedimentos para a segunda via do RG?

Caso já exista um RG emitido, o interessado deve comparecer ao órgão e apresentar o documento antigo ou declaração de perda, roubo ou extravio. Pode ser cobrada uma taxa para a segunda via.

Além disso, deverá ser apresentada a certidão de nascimento atualizada e a foto 3X4 atual.

Atualizar certidão de nascimento é um passo importante para permitir a emissão do RG.

Tanto na primeira quanto na segunda via do RG a apresentação da certidão atualizada é necessária.

Por isso é essencial providenciar a certidão primeiro. Com o cartório online o pedido pode ser feito sem sair de casa, com segurança e conforto.

Está precisando de uma segunda via da certidão de nascimento? Acesse o sistema para fazer seu pedido!

Receba conteúdos como esse por e-mail!

Fique por dentro dos nossos conteúdos, promoções e novidades.


Por Luciano Batista de Lima

Acadêmico de Direito. Experiência:  13 anos de atuação em Cartório de Registro Civil em Santa Catarina, sendo que destes, 8 anos foram como Oficial Substituto.

Comentários

Conteúdos Relacionados

Entenda como funciona a tradução de documentos oficiais

Entenda como funciona a tradução de documentos oficiais

É muito comum que a tradução de documentos oficiais tenha que ser realizada em registros que o requerente pretende utilizar em outros países, como certidões que serão usadas para o reconhecimento de dupla cidadania. No entanto, apesar da grande procura, ainda há um...

ler mais