Certidão de óbito atualizada: saiba por que e como obtê-la!

Escrito por Luciano Batista de Lima
Publicado em 19 nov 19

Contar com uma certidão de óbito atualizada é fundamental para comprovar a morte de um indivíduo para diversos trâmites legais, como as apólices de seguros, requerimento de pensão, partilha de herança e, até mesmo, para que a pessoa viúva possa contrair um novo matrimônio.

No entanto, muitas pessoas não têm conhecimento da importância de manter o documento atualizado e, quando a certidão de óbito é solicitada, não sabem como obtê-la.

Mas nós estamos aqui para resolver seu problema! Faça seu pedido da certidão atualizada agora, e receba em casa.


Ainda assim, se você deseja saber por qual razão e como obter a certidão de óbito atualizada para não ser pego de surpresa quando solicitarem o documento, acompanhe a matéria que vamos apresentar todos os detalhes. Veja!

Quais são as diferenças entre certidão e atestado de óbito?

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, já que as nomenclaturas são parecidas, a certidão e o atestado de óbito não são o mesmo documento.

O atestado de óbito, ou declaração de óbito (DO), é um documento que deve ser emitido por meio de uma Guia da Secretaria de Saúde e assinado por um médico para comprovar a morte de uma pessoa, mesmo nos casos em que o falecimento não tenha ocorrido dentro do ambiente hospitalar.

Nesse documento é preciso constar o local e a causa da morte (como natural, acidental, homicídio, violência, suicídio ou indeterminada), além da assinatura de um médico com carimbo e número de inscrição no Conselho Regional de Medicina (CRM).

Nos casos em que não há um médico por perto para que seja possível formular o atestado, a Lei dos Registros Públicos define que o documento pode ser emitido e assinado por 2 testemunhas capazes e que presenciaram a morte.

Somente após a emissão do atestado de óbito, é possível fazer a certidão de óbito, registro oficial que atesta o falecimento de um cidadão, no cartório de registro civil, sendo que é nesse documento que deve constar todas as informações acerca da pessoa falecida.

Como obter uma certidão de óbito atualizada?

Para obter uma certidão de óbito atualizada é possível que o requerente se dirija ao cartório que emitiu o documento e solicite uma nova via.

No entanto, para aqueles que não têm como se locomover até o tabelião ou não pretendem gastar tempo em filas, é possível realizar o requerimento do documento online e, para tanto, é preciso ter as informações sobre o registro, especialmente com relação ao cartório em que ocorreu, como:

  • nome completo do falecido;
  • data do óbito;
  • nome da mãe do falecido;
  • nome do cartório de registro civil;
  • números de referência (livro, termo e folha) — nos casos em que o requerente não souber estes dados, é possível realizar um pedido de busca de certidão;
  • cidade do cartório.

Após, é possível escolher se a certidão será eletrônica, sendo que essa opção, até o momento, está disponível apenas para alguns estados da federação — portanto, o ideal é consultar a disponibilidade no momento do pedido — e, nesse formato, o requerente recebe o documento em seu e-mail.

Também é possível receber a certidão de maneira física, via Correios. Nesse caso, envio pode ser feito, até mesmo, para o exterior. Ambos os documentos (tanto eletrônico quanto físico) contam com o mesmo valor jurídico.

Por fim, com todas as informações que são requeridas em mãos, basta preencher o formulário, realizar o pagamento da taxa e, após concluído o pedido, aguardar o prazo para a entrega do documento.

Agora que você já conhece todos os detalhes sobre a certidão de óbito atualizada, é válido ressaltar que é fundamental contar com o auxílio de profissionais especializados e uma empresa de confiança para emitir as certidões online e evitar filas e burocracias.

Se você precisa de auxílio para emitir uma certidão de óbito atualizada, fornecemos o suporte necessário. Entre em contato conosco!

Receba conteúdos como esse por e-mail!

Fique por dentro dos nossos conteúdos, promoções e novidades.


Por Luciano Batista de Lima

Acadêmico de Direito. Experiência:  13 anos de atuação em Cartório de Registro Civil em Santa Catarina, sendo que destes, 8 anos foram como Oficial Substituto.

Comentários

Conteúdos Relacionados

Reconhecer Firma: Saiba tudo sobre esse assunto!

Reconhecer Firma: Saiba tudo sobre esse assunto!

O ato de reconhecer firma é necessário em muitas situações. Descubra todas as informações importantes sobre esse recurso jurídico. Você já tentou alugar um imóvel oferecido por uma imobiliária? Se sim, sabe da lista de documentos que precisa apresentar, além de cópias...

ler mais
Qual sobrenome do Marido passa para a Esposa?

Qual sobrenome do Marido passa para a Esposa?

Você vai se casar e quer saber qual sobrenome do marido passa para a esposa? Então, vale ler este texto até o final para tirar suas dúvidas. O casamento civil e a união estável são vínculos que garantem alguns direitos e deveres ao casal. A formalização do matrimônio...

ler mais
Como colocar sobrenome no filho? Saiba como fazer!

Como colocar sobrenome no filho? Saiba como fazer!

Você sabia que existem regras de como colocar sobrenome no filho? Caso nunca tenha ouvido falar sobre o assunto, você vai gostar de conhecer os critérios dessa formalização civil. Os pais de primeira viagem têm muitas dúvidas em relação aos passos iniciais da criança....

ler mais