Quer tirar a cidadania austríaca? Passo a passo para seguir

Escrito por Luciano Batista de Lima
Publicado em 17 set 19
cidadania austriaca

A cidadania austríaca é a relação jurídica que envolve uma pessoa e um país, em razão da sua filiação. Portanto, são garantidos ao novo cidadão, diversos direitos e obrigações da Áustria, como participar de eleições e exercer o serviço militar.

Outra vantagem de possuir a cidadania austríaca é conseguir a cidadania da União, já que a Áustria é membro da União Europeia. De olho nesses benefícios, algumas pessoas desejam iniciar o processo para conquistar essa cidadania. Entenda como alcançá-la nesse artigo!

Faça o Pedido das Certidões Que Precisa AGORA!!

Quem tem direito a cidadania austríaca?

É fato que, até 25 de outubro de 1983, a referida filiação somente era transmitida pela parte paterna, quando os pais forem casados. A partir dessa data, as mães casadas passaram a transmitir a filiação aos seus filhos. Quanto às mães solteiras, a descendência é repassada para os filhos.

Há outros modos de adquirir a cidadania austríaca, tais como:

  • legitimação de filhos austríacos ilegítimos;
  • adoção por pais austríacos;
  • casamento com um cônjuge austríaco;
  • viver um período na Áustria.

Quais são as regras do país para aderir a cidadania austríaca por parentesco?

Não são todas as pessoas que tem direito à cidadania austríaca. Isso porque tal cidadania se baseia no critério do sangue, seguindo a descendência, e não do solo, como no Brasil.

Logo, não adianta nascer na Áustria, precisa descender. Além dessas, não existem outras regras específicas na Áustria.

Qual o passo a passo para fazer o pedido da cidadania austríaca?

O processo do pedido de cidadania austríaca se divide em duas partes, essenciais para conquistar essa nacionalidade.

Solicitação para certificado de cidadania austríaca

O primeiro passo é comprovar a nacionalidade austríaca por meio de um documento específico, um certificado. Para isso, é preciso apresentar os seguintes documentos:

  • formulário preenchido, solicitando a cidadania;
  • certidão de nascimento atualizada e traduzida em alemão;
  • certidão de casamento atualizada e traduzida em alemão. Caso seja separado ou viúvo, exibir a averbação;
  • carteira de identidade (CI) ou passaporte;
  • confirmação de prestação de serviço militar, se homens maiores de 18 anos;
  • currículo do solicitante, demonstrando os estudos e trabalhos já exercidos, com datas exatas e traduzido para o alemão;
  • certidão de nascimento atualizada e traduzida em alemão do genitor com descendência austríaca;
  • carteira de identidade (CI) ou passaporte do genitor com descendência austríaca;
  • certidão de casamento atualizada e traduzida em alemão do genitor com descendência austríaca. Caso seja separado ou viúvo, exibir a averbação do documento;
  • currículo do genitor com descendência austríaca, demonstrando os estudos e trabalhos já exercidos, traduzido para o alemão;
  • certificado de cidadania austríaca do genitor;
  • taxas consulares, em torno de € 48,00.

Podem ser exigidos outros documentos. Cabe ressaltar que todos os documentos devem ser apostilados para serem aceitos no exterior. Fique atento!

Processo de verificação

Após a entrega de todos os documentos, é necessário aguardar a verificação de que o solicitante, seus pais ou avós tem a nacionalidade austríaca.

É nesse momento que podem ser pedidos outros documentos e as circunstâncias da aquisição da nacionalidade. O processo dura, em média, 3 anos e apenas no final é que se adquire a condição de cidadão austríaco.

Assim, para adquirir a cidadania austríaca é preciso solicitar diversas certidões e seguir o procedimento. A fim de agilizar todo o processo, as certidões necessárias devem ser pedidas pelo Cartório Online Brasil 24 horas, clicando aqui!

Gostou dessas informações? Se ficou alguma dúvida sobre o tema ou precisa de mais esclarecimentos, fale conosco!

 

Receba conteúdos como esse por e-mail!

Fique por dentro dos nossos conteúdos, promoções e novidades.


Por Luciano Batista de Lima

Acadêmico de Direito. Experiência:  13 anos de atuação em Cartório de Registro Civil em Santa Catarina, sendo que destes, 8 anos foram como Oficial Substituto.

Comentários

Conteúdos Relacionados

Reconhecer Firma: Saiba tudo sobre esse assunto!

Reconhecer Firma: Saiba tudo sobre esse assunto!

O ato de reconhecer firma é necessário em muitas situações. Descubra todas as informações importantes sobre esse recurso jurídico. Você já tentou alugar um imóvel oferecido por uma imobiliária? Se sim, sabe da lista de documentos que precisa apresentar, além de cópias...

ler mais
Qual sobrenome do Marido passa para a Esposa?

Qual sobrenome do Marido passa para a Esposa?

Você vai se casar e quer saber qual sobrenome do marido passa para a esposa? Então, vale ler este texto até o final para tirar suas dúvidas. O casamento civil e a união estável são vínculos que garantem alguns direitos e deveres ao casal. A formalização do matrimônio...

ler mais
Como colocar sobrenome no filho? Saiba como fazer!

Como colocar sobrenome no filho? Saiba como fazer!

Você sabia que existem regras de como colocar sobrenome no filho? Caso nunca tenha ouvido falar sobre o assunto, você vai gostar de conhecer os critérios dessa formalização civil. Os pais de primeira viagem têm muitas dúvidas em relação aos passos iniciais da criança....

ler mais