Estudar em Portugal: o que eu preciso saber a respeito?

Escrito por Luciano Batista de Lima
Publicado em 31 mar 20

Estudar em Portugal é o desejo de muitos brasileiros, afinal, trata-se de um país europeu em que é possível se comunicar em português, com instituições de ensino renomadas, com o clima mais ameno do que as demais localidades da Europa e, ainda, com uma excelente culinária.

Além disso, apesar de muitas pessoas desconhecerem essa informação, a realidade é que as alterações na legislação e os acordos firmados com o governo brasileiro facilitam o intercâmbio de estudantes brasileiros em Portugal.

Assim, se você deseja conhecer mais sobre o tema e descobrir o que é preciso fazer e como é estudar em Portugal, acompanhe o artigo que vamos apresentar todos os detalhes. Veja!

O que é preciso fazer para estudar em Portugal?

Atualmente, diversas instituições de ensino brasileiras contam com acordos com as universidades portuguesas e permitem que um intercâmbio para Portugal seja realizado durante o curso, sendo que, em geral, o período de estudo no exterior costuma ser de 3 a 12 meses.

Já para as demais áreas acadêmicas, como mestrado, doutorado ou pós-doutorado, o interessado precisa enviar a sua candidatura diretamente nos sites das universidades portuguesas.

Aqueles que pretendem realizar toda a graduação em Portugal podem utilizar a sua nota do ENEM para entrar em uma universidade portuguesa — mais de 30 instituições de ensino do país aceitam a prova como forma de ingresso!

A escala de classificação 0-200 é adotada na maior parte das universidades portuguesas. Nesse caso, a pontuação do ENEM, que tem escala de 0-1000, é dividida por cinco.

Quais são as melhores instituições de ensino do país?

Portugal é uma nação pequena, mas que conta com cinco universidades entre as 500 melhores do mundo, sendo que a melhor classificação fica com a Universidade de Lisboa, seguida pela Universidade do Porto. Já as demais classificações ficam com as instituições Aveiro, Coimbra e Minho.

Há, ainda, a Universidade Nova de Lisboa, que fica entre as 50 melhores universidades do mundo que existem há menos de 50 anos. Isso quer dizer que não faltam boas opções para as pessoas que desejam graduar no país.

Quais são os documentos necessários?

Em geral, é possível fazer toda a candidatura para estudar em Portugal pela internet, sendo preciso juntar diversos documentos durante o processo, como os seguintes:

  • carta de motivação;
  • documentos relativos à vida acadêmica e profissional, como histórico escolar, currículo e diplomas;
  • documentos brasileiros, como identidade pessoal e certidões de nascimento e casamento.

Além disso, todos os documentos oficiais brasileiros devem ser legalizados, com assinaturas autenticadas e apostilados — uma espécie de autenticação internacional.

Qual tipo de visto é exigido?

Para que seja possível estudar em Portugal, é exigido o visto de estudante. Para obtê-lo, é necessário, inicialmente, ser aceito em uma universidade de Portugal, juntar os documentos necessários e ir até o Centro de Solicitação de Visto mais próximo de sua casa.

Já no Centro de Solicitação de Visto, o interessado consegue entregar seus documentos, fazer a entrevista, obter as informações necessárias e recolher os seus dados biométricos para a formalização de seu pedido.

É possível conseguir uma bolsa de estudos para estudar em Portugal?

Em geral, um curso em Portugal pode custar algo entre 3.000 e 3.500 euros por ano, sendo que determinadas instituições podem ter um custo ainda mais elevado, como a Universidade de Coimbra, que pode custar 7.000 euros por ano.

É preciso considerar, ainda, os demais custos com despesas básicas, como alojamento, alimentação e transporte, que costumam variar de 300 a 500 euros mensais.

Contudo, é possível estudar em Portugal com bolsa de estudos e reduzir os gastos de maneira considerável, sendo que tanto o Brasil quanto Portugal oferecem diferentes opções. As bolsas mais populares são da Fundação CAPES, no Brasil, e da FCT (Fundação para a Ciência e a Tecnologia), em Portugal. Para se candidatar, é necessário acompanhar as instituições e atentar à abertura dos editais.

Além disso, determinadas universidades públicas brasileiras, como USP, UFRJ, UFMG e UNB, contam com convênios com universidades portuguesas, o que possibilita que os alunos das instituições tenham descontos.

Agora que você já sabe que é possível realizar o sonho de estudar em Portugal, reúna a documentação necessária o quanto antes e envie a sua candidatura para as universidades portuguesas!

Se você gostou do post, compartilhe o nosso artigo em suas redes sociais e mostre para os seus amigos como estudar em Portugal!

Receba conteúdos como esse por e-mail!

Fique por dentro dos nossos conteúdos, promoções e novidades.


Por Luciano Batista de Lima

Acadêmico de Direito. Experiência:  13 anos de atuação em Cartório de Registro Civil em Santa Catarina, sendo que destes, 8 anos foram como Oficial Substituto.

Comentários

Conteúdos Relacionados

Como Pedir a Segunda Via da Certidão de Casamento Online?

Como Pedir a Segunda Via da Certidão de Casamento Online?

A segunda via da certidão de casamento online é um documento comumente exigido em processos nacionais como, compra e venda de imóvel, instituições bancários, novo matrimônio onde consta averbação do divórcio, comprovação de estado civil, entre outros. Mas também é...

ler mais