Nome para filhos: veja os mais registrados nos cartórios do Brasil

Escrito por Luciano Batista de Lima
Publicado em 15 abr 19
nome para filhos

Sabemos que decidir nome para filhos é uma situação que requer dedicação. Afinal, eles serão chamados para sempre daquela maneira. Logo após o nascimento — nos primeiros dias de vida do bebê —, sua certidão de nascimento deve ser emitida, uma vez que esse é o primeiro documento de identificação da criança que garante seus direitos básicos. Nesse momento, já é preciso que a escolha do nome esteja concretizada.

A popularidade dos nomes mais registrados nos cartórios do Brasil costuma variar de maneira considerável. Inclusive é possível observar que alguns nomes são mais utilizados em determinadas épocas do que em outras.

Dessa maneira, para auxiliá-lo a escolher um nome para o seu filho, reunimos os mais registrados nos cartórios do Brasil. Confira!

Nomes masculinos

No Brasil, o nome masculino mais registrado em 2018 foi Enzo Gabriel, com 18.156 registros. As preferências nacionais alteraram o ranking, e o nome que em 2017 ocupava o topo da lista — Miguel — agora está na segunda colocação, com 17.699 registros.

Logo em seguida aparece o nome Arthur, seguido por João Miguel, com 17.119 e 16.049 registros, respectivamente.

Após, na quinta colocação, figura o nome Pedro Henrique (13.672 registros), seguido por Davi (10.206 registros), Bernardo (9.914 registros), João Pedro (9.519 registros) e, na décima posição, o nome Gabriel (9.452 registros).

Já no estado de São Paulo, os resultados foram um pouco diferentes: os nomes Miguel, com 4.718 registros, e Arthur, com 4.312, foram os mais escolhidos pelos pais no momento do registro de nascimento de seus filhos.

Nomes femininos

No que se refere a nomes femininos, o mais registrado em todo o país em 2018 foi Maria Eduarda, com 15.760 registros, seguido por outro nome composto, Maria Clara, com 14.170 incidências.

Logo após, aparecem os nomes Alice, Ana Clara e Helena, com 12.482, 11.059 e 10.573 registros, respectivamente. Eles são seguidos por Valentina, Maria Luiza, Laura, Maria Alice e Maria Cecília (com 10.325, 9.353, 9.252, 8.782, 7.719 incidências, respectivamente).

Já no estado de São Paulo, os nomes mais registrados são Maria Eduarda na primeira colocação, com 3.779 registros; Alice, com 3.725 incidências; e, na terceira posição, o nome Lorena, que não aparece no ranking dos 10 nomes mais registrados no Brasil, com 3.023 registros.

Passo a passo para realizar o registro em cartório

Agora, que você já viu algumas ideias de nome para filhos, vamos ensiná-lo como é o procedimento para o registro de um bebê em cartório.

Quando a criança nasce em um hospital ou maternidade, ou seja, com a assistência de um médico habilitado, os pais recebem uma declaração de nascido vivo, documento que deve ser levado ao cartório de registro civil.

Nos casos em que a criança nasce em casa, sem a presença de um médico, quem preenche a referida declaração é o próprio oficial do cartório. Ela também deve ser assinada pelos pais e por mais duas testemunhas que tenham conhecimento da existência da gravidez.

No mais, também é preciso levar ao cartório os documentos pessoais com foto dos pais, como RG ou carteira profissional, bem como a certidão de casamento, nos casos em que os pais forem casados.

Viu só como existem diversas opções de nome para filhos? Agora você sabe como é o procedimento para realizar um registro em cartório e já conhece os nomes mais registrados no Brasil. Basta escolher o nome para o seu filho e ficar atento ao prazo de registro, que costuma ser de 15 dias, para não dificultar o processo.

É válido ressaltar que, se a criança não for registrada nesse período, que pode ser estendido se a mãe for a declarante, o registro pode ser feito apenas no cartório da região em que está localizada a residência dos pais.

Se você gostou do post, continue a visita ao blog e conheça os demais conteúdos. Leia agora mesmo o nosso texto sobre mudança de sobrenome após o casamento.

Receba conteúdos como esse por e-mail!

Fique por dentro dos nossos conteúdos, promoções e novidades.


Por Luciano Batista de Lima

Acadêmico de Direito. Experiência:  13 anos de atuação em Cartório de Registro Civil em Santa Catarina, sendo que destes, 8 anos foram como Oficial Substituto.

Comentários

Conteúdos Relacionados

Reconhecer Firma: Saiba tudo sobre esse assunto!

Reconhecer Firma: Saiba tudo sobre esse assunto!

O ato de reconhecer firma é necessário em muitas situações. Descubra todas as informações importantes sobre esse recurso jurídico. Você já tentou alugar um imóvel oferecido por uma imobiliária? Se sim, sabe da lista de documentos que precisa apresentar, além de cópias...

ler mais
Qual sobrenome do Marido passa para a Esposa?

Qual sobrenome do Marido passa para a Esposa?

Você vai se casar e quer saber qual sobrenome do marido passa para a esposa? Então, vale ler este texto até o final para tirar suas dúvidas. O casamento civil e a união estável são vínculos que garantem alguns direitos e deveres ao casal. A formalização do matrimônio...

ler mais
Como colocar sobrenome no filho? Saiba como fazer!

Como colocar sobrenome no filho? Saiba como fazer!

Você sabia que existem regras de como colocar sobrenome no filho? Caso nunca tenha ouvido falar sobre o assunto, você vai gostar de conhecer os critérios dessa formalização civil. Os pais de primeira viagem têm muitas dúvidas em relação aos passos iniciais da criança....

ler mais